O Bacalhau

Loja Online

A História do Bacalhau

Os Vikings

Os Vikings são considerados os pioneiros na descoberta do bacalhau Gadus Morhua.

Como não tinham sal, secavam o peixe ao ar livre, até que perdesse quase a quinta parte de seu peso e endurecesse como uma tábua de madeira, para ser consumido aos pedaços nas longas viagens que faziam pelos oceanos.

Um estudo publicado (jornal PNAS – Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America) prova que o comércio de bacalhau tem mais de 1.000 anos.

A análise de ossos de bacalhau datadas dos anos 800 a 1066, encontrados na lama dos antigos cais de Haithabu, um antigo porto comercial no Báltico, demonstrou a presença de material genético de populações de bacalhaus oriundas do Ártico, nomeadamente da costa de Lofoten (ainda hoje um importante centro de pesca norueguês).

Esta descoberta mostra que o bacalhau já era transportado pelos Vikings, ao longo de mais de 1500 Kms, desde o norte da Noruega até o Mar Báltico.

Os Bascos e a Salga


Povo que habita os Pirineus Ocidentais, do lado da Espanha e da França, os bascos foram os percursores da salga como método de conservação.

Existem registros de que já no ano 1000, realizavam o comércio do bacalhau curado, salgado e seco.

Foi na costa de Espanha que o bacalhau começou a ser salgado e depois seco nas rochas, ao ar livre, assim, o peixe era melhor conservado.

“…os bascos não são apenas pastores, são também navegadores famosos pelo seu sucesso no comércio”.

Mark Kurlansky – ‘Bacalhau – A história do peixe que mudou o mundo”